ShadowProtect Iberian Portuguese ReadMe

INFORMAÇÕES GERAIS

Este ficheiro contém informações adicionais para complementar o manual. Leia todas as secções antes de proceder à instalação.

ÍNDICE

1. Requisitos do sistema
2. Instalação e actualização do ShadowProtect
3. Activação do ShadowProtect
4. Notas gerais de utilização
5. Funções/melhorias
6. Problemas solucionados
7. Problemas conhecidos
8. Código fonte CDDL

1. Requisitos do sistema

  • Deve obedecer aos requisitos mínimos do sistema operativo
  • Iniciar um sistema com o CD do Recovery Environment recomendado requer, no mínimo, 768 MB de RAM física. 
  • Iniciar um sistema com o Recovery Environment legado requer, no mínimo, 256 MB de RAM física.
  • A função VirtualBoot requer 1 GB de RAM disponível (para além da memória requerida pelo SO e por outras aplicações).
  • 50 MB de espaço livre no disco rígido para os ficheiros de instalação
  • Unidade de CD-ROM ou de DVD

Sistemas operativos suportados

O ShadowProtect suporta os seguintes sistemas operativos Windows de 32 bits x86 ou de 64 bits x64 (o IA64/Itanium não é suportado):

  • Windows Small Business Server 2011
  • Windows Server 2008 R2 Foundation
  • Windows Server 2008 R2 (de 64 bits x64)
  • Windows Server 2008 (de 32 bits x86 e de 64 bits x64)
  • Windows Small Business Server 2008 (de 32 bits x86 e de 64 bits x64)
  • Windows EBS Server 2008 (de 32 bits x86 e de 64 bits x64)
  • Windows Server 2003 (de 32 bits x86 e de 64 bits x64)
  • Windows Small Business Server 2003 (de 32 bits x86 e de 64 bits x64)
  • Windows 7 (de 32 bits x86 e de 64 bits x64)
  • Windows Vista Home Basic (de 32 bits x86 e de 64 bits x64)
  • Windows Vista Home Premium (de 32 bits x86 e de 64 bits x64)
  • Windows Vista Ultimate (de 32 bits x86 e de 64 bits x64)
  • Windows Vista Enterprise (de 32 bits x86 e de 64 bits x64)
  • Windows Vista Business (de 32 bits x86 e de 64 bits x64)
  • Windows XP Media Center (de 32 bits x86 e de 64 bits x64)
  • Windows XP Professional (SP2 ou superior) (de 32 bits x86 e de 64 bits x64)
  • Windows XP Home (SP2 ou superior) (de 32 bits x86 e de 64 bits x64)
  • Windows 2000 Server/Advanced Server (SP4 ou superior) (de 32 bits x86)*
  • Windows Small Business Server 2000 (de 32 bits x86)*
  • Windows 2000 Professional (SP4 ou superior) (de 32 bits x86)*

* Suporte do Windows 2000: Enquanto o ShadowProtect suporta totalmente a cópia de segurança de ambientes do Windows 2000, a falta de suporte de hardware e de controladores de dispositivos adequados para este ambiente legado pode dificultar a recuperação dos volumes do sistema. Se utilizar o Windows 2000, certifique-se de que dispõe  dos controladores de dispositivos e de hardware adequados para utilização como destino de recuperação em caso de desastre.

Tipos de volume/disco/sistemas de ficheiros suportados

O ShadowProtect suporta os seguintes sistemas de ficheiros:

  • FAT16
  • FAT16X
  • FAT32
  • FAT32X
  • NTFS
  • Discos MBR
  • Discos GPT
  • Discos e volumes básicos e dinâmicos

Suportes de dados de armazenamento

O ShadowProtect é compatível com os seguintes suportes de dados de armazenamento:

  • Unidades de disco de rede e ligadas localmente,
  • SAN
  • NAS
  • iSCSI
  • SCSI
  • USB
  • Firewire
  • Discos de estado sólido (SSD)
  • Suporte de dados óptico, como CD/DVD/Blu-Ray

2. Instalação e actualização do ShadowProtect

Nas versões do ShadowProtect anteriores à versão 4.2.0, existiam ficheiros de instalador distintos para cada uma das cinco edições do ShadowProtect (Desktop Edition/Server Edition/SBS Edition/VM Edition/MSP Edition). Para cada uma destas edições, existiam também instaladores distintos para cada idioma suportado. Actualmente, esta situação complexa já não existe. A partir do ShadowProtect 4.2.0, existem apenas dois instaladores:

  • ShadowProtectSetup_4.2.7.exe (também designado como “Instalação padrão”) - Utilize este instalador se adquiriu uma chave/número de série do produto ShadowProtect Desktop Edition, ShadowProtect Server Edition, ShadowProtect SBS Edition ou ShadowProtect Virtual Edition, em qualquer um dos idiomas suportados.
  • ShadowProtectSetup_MSP_4.2.7.exe (também designado como “Instalação MSP”) - Utilize este instalador se for um fornecedor de serviços geridos (MSP - Managed Service Provider) e pretenda activar o ShadowProtect, utilizando uma chave/número de série do produto, em qualquer um dos idiomas suportados.

Na maioria das circunstâncias, pode actualizar uma instalação 4.1.5 existente para a ShadowProtect 4.2.7, excepto nos seguintes casos:

Instalação numa versão MSP do ShadowProtect

Se a instalação 4.1.5 existente se tratar de uma instalação MSP, deverá utilizar o ficheiro de instalação ShadowProtectSetup_MSP_4.2.7.exe para actualizar para a versão 4.2.7. 

Instalação na versão 4.1.5 do ShadowProtect

Se a sua instalação 4.1.5 existente se tratar de uma instalação Desktop/Server/SBS/Virtual Edition, então, para actualizar para a versão 4.2.7, deverá utilizar o ficheiro de instalação ShadowProtectSetup_4.2.7.exe. 

Não precisa de desinstalar a versão 4.1.5 do ShadowProtect antes de instalar a versão 4.2.7. O instalador irá actualizar o seu sistema da versão 4.1.5 para 4.2.7 e manter as suas configurações de tarefas.

Instalação nas versões anteriores à 4.0.5 do ShadowProtect

Caso o seu sistema já tenha instalada uma versão do ShadowProtect mais antiga do que a versão 4.0.5, então terá de desactivá-la e depois desinstalá-la totalmente (incluindo a reinicialização após a desinstalação) antes de poder instalar e activar a versão 4.2.7 do ShadowProtect.


3. Activação do ShadowProtect

Terá de activar o ShadowProtect antes do final do período de teste.  Sempre que efectua uma cópia de segurança, o número de dias restantes do seu período de teste serão apresentados no histórico. 

Para activar o ShadowProtect, seleccione a opção Activação do produto no menu Ajuda.  Introduza o número de série (chave de produto), nome e organização (opcional) e clique em OK para a activação imediata online. 

O idioma, a plataforma e o número de série precisam corresponder

O idioma da sua chave/número de série do produto precisa corresponder ao idioma que escolheu no assistente de instalação da versão 4.2.7 no momento em que instalou o ShadowProtect. Caso contrário, o agente do ShadowProtect não será activado.  Para instalações silenciosas, o ficheiro de resposta de instalação silenciosa da versão 4.2.7 fornece uma forma de especificar o idioma da instalação.

Durante a activação da instalação padrão do ShadowProtect, o seu tipo de chave de produto (Desktop/Server/SBS/VM) precisa corresponder à sua plataforma.  As chaves de produto da Desktop Edition podem ser utilizadas apenas para activar o ShadowProtect em plataformas não servidor. As chaves da SBS Edition podem ser utilizadas apenas para activar o ShadowProtect em servidores SBS ou Foundation. As chaves da Virtual Edition podem ser utilizadas apenas para activar o ShadowProtect em máquinas virtuais.  As chaves da Server Edition podem ser utilizadas para activar o ShadowProtect em qualquer plataforma de servidor suportada (Server, SBS, Foundation, etc). As chaves MSP do ShadowProtect podem activar o ShadowProtect em qualquer plataforma suportada (todas as plataformas de servidor e de estação de trabalho suportadas).

Reactivar após actualização para a versão 4.2.7

A actualização a partir da versão 4.2.0 ou posterior deverá manter a sua activação. Se actualizar a partir de uma instalação 4.1.5 ou anterior activada do ShadowProtect para a versão 4.2.7, terá de reactivar a sua licença. 

Para tal, após efectuar a actualização, aceda ao menu Ajuda da interface de utilizador do ShadowProtect. Seleccione o item de menu “Activação do produto”. Preencha os campos restantes (a sua chave de produto será, normalmente, introduzida automaticamente). Clique em OK para reactivar. 

Erro na activação

** Se receber um erro que indica que o servidor de activação da StorageCraft não consegue comunicar com o seu sistema e você acede à Internet através de uma firewall, confirme se o SOAP (Simple Object Access Protocol) está activado na sua firewall. **

Versão de teste

Se instalar a versão de teste do ShadowProtect, pode instalar todas as aplicações e criar ficheiros de imagem de cópia de segurança do sistema e de volumes de dados.  Pode também restaurar volumes de dados ou pastas e ficheiros específicos. Não poderá restaurar o volume do sistema, uma vez que o StorageCraft Recovery Environment não é disponibilizado com a versão de teste.

No final do seu período de teste, a sua versão de teste do ShadowProtect deixará de funcionar.  Pode, então, adquirir o ShadowProtect em qualquer altura e reactivar a sua instalação, tornando-a totalmente funcional, sem ter de reinstalar o software. Quaisquer ficheiros de imagem de cópia de segurança existentes permanecerão acessíveis.

Versão de avaliação

A StorageCraft também oferece uma versão de avaliação do ShadowProtect. A diferença entre a versão de teste e a versão de avaliação reside no facto de esta última também incluir o StorageCraft Recovery Environment de arranque (como um ficheiro .ISO que deve ser gravado num CD-R).  O instalador do ShadowProtect é idêntico quer para a versão de avaliação como para a versão de teste. Tal como na versão de teste, pode instalar todas as aplicações e criar ficheiros de imagem de cópia de segurança do sistema e de volumes de dados utilizando a versão de avaliação. No entanto, para além dos volumes de dados, pode também restaurar os volumes do sistema utilizando a versão de avaliação.

Tal como na versão de teste, quando o seu período de teste termina, a sua versão de avaliação do ShadowProtect deixará de funcionar.  Pode, então, adquirir o ShadowProtect em qualquer altura e reactivar a sua instalação, tornando-a totalmente funcional, sem ter de reinstalar o software.

Licença do ShadowProtect

Para obter mais esclarecimentos, consulte o contrato de licença de utilizador final.

 

4. Notas gerais de utilização

Desactive qualquer software de desfragmentação do disco que possa ter quando efectua ou agenda cópias de segurança incrementais.  O ShadowProtect monitoriza as alterações de sector quando efectua cópias de segurança incrementais. Uma vez que o software de desfragmentação do disco altera os sectores, a próxima cópia de segurança incremental pode ser maior do que o esperado, especialmente se o disco estiver extremamente fragmentado.

Testar o CD do StorageCraft Recovery Environment

Deverá testar o StorageCraft Recovery Environment para garantir que é correctamente executado no seu computador.  Para tal, inicie o StorageCraft Recovery Environment a partir do CD do ShadowProtect.

Se o StorageCraft Recovery Environment for iniciado e executado conforme esperado, então pode efectuar as operações do ShadowProtect a partir do Recovery Environment:

  • Precisa aceder a um volume, caso o sistema não seja iniciado.
  • Precisa restaurar o volume do sistema a partir de um ficheiro de imagem de cópia de segurança.
  • Pretende criar imagens de cópia de segurança a frio utilizando o Recovery Environment.

Se o StorageCraft Recovery Environment não for iniciado ou executado conforme esperado, deverá analisar os seguintes aspectos:

  • Confirme se o sistema está configurado para ser iniciado a partir do CD; se o sistema tem, no mínimo, 768 MB de RAM física (para o Recovery Environment recomendado) ou se tem 256 MB de RAM física (para o Recovery Environment legado). 
  • Confirme se pode utilizar a opção Carregar controladores do menu Ferramentas do Recovery Environment recomendado em execução. Se lhe for permitido, navegue para o directório “Additional_Drivers” (Controladores_Adicionais) no CD para procurar controladores de armazenamento e de rede adicionais para máquinas virtuais e físicas.  Por exemplo, suponhamos que inicia o ambiente recomendado num convidado VMware. Terá de utilizar este item de menu Carregar controladores para carregar ambos os controladores da NIC de VMware existentes no directório Additional_Drivers (Controladores_Adicionais) do CD.  Após carregar estes dois controladores da NIC de VMware, poderá então iniciar, com êxito, os serviços de funcionamento em rede.
  • Verifique se dispõe dos controladores da placa de interface de rede (NIC) necessários para aceder à rede. Contacte o seu fornecedor da NIC para obter informações quanto aos controladores que são necessários. Contacte  também o apoio técnico da StorageCraft (envie um e-mail para support@storagecraft.com) e identifique estes controladores para que possam ser incluídos em compilações subsequentes do ShadowProtect.
  • Verifique se possui os controladores de armazenamento necessários para aceder aos dispositivos de armazenamento no computador. Pode ter de carregar estes controladores de armazenamento durante o arranque.  Na fase de arranque inicial do XP/2003 StorageCraft Recovery Environment legado, o sistema solicitar-lhe-á para pressionar F6 de modo a adicionar controladores de armazenamento. Assim que pressione F6, o sistema solicitar-lhe-á para carregar o controlador de armazenamento a partir do disco.
  • Mantenha um conjunto de controladores de armazenamento necessários para o caso de necessitar de iniciar o CD do ShadowProtect para execução a partir do Recovery Environment. Caso tenha executado a opção de arranque recomendada (Vista Recovery Environment), pode efectuar o carregamento dinâmico dos controladores de armazenamento necessários, fornecendo o directório onde se localizam os controladores. Os ficheiros do controlador para o Recovery Environment recomendado devem ser os dos controladores do Windows 7/2008R2 de 32 bits x86 no formato .inf e .sys. (Os controladores de armazenamento devem estar no formato textsetup.oem para carregamento no Recovery Environment legado.) Contacte o apoio técnico da StorageCraft (envie um e-mail para support@storageCraft.com) e identifique estes controladores para que possam ser incluídos em compilações subsequentes do ShadowProtect.

A versão de avaliação do ShadowProtect e os CDs do produto e de recuperação contêm o StorageCraft Recovery Environment. Certifique-se de que guarda o CD num local seguro para utilizar caso necessite de uma recuperação bare-metal do seu computador. Neste caso, utilize qualquer um destes CDs com um disco de arranque para restaurar uma imagem de cópia de segurança para o volume do sistema utilizando o Recovery Environment. 

 

5. Funções/Melhorias

Para obter uma lista completa das alterações, consulte também a secção 6 (“Problemas solucionados”)

Versão 4.2.7 do ShadowProtect (Agosto de 2012)

  • Não existem funções novas para esta versão de manutenção.  Consulte a secção 6 para obter uma descrição das correcções nesta versão 4.2.7.

Versão 4.2.6 do ShadowProtect (Agosto de 2012)

  • Expansão do número de controladores de terceiros (incluindo USB 3.0 e ICHR) para utilização no StorageCraft Recovery Environment e HIR.
  • Melhoria da detecção do Xen hipervisor. Isto permite que uma Xen MV utilize uma licença virtual do ShadowProtect.
  • Cópia de segurança avançada para continuar uma cadeia de imagens com incrementos após o restauro.
  • Adição de um mecanismo para activar o instalador Push (silencioso) para forçar um reinício antes da instalação.
  • Alargamento do período de teste do ShadowProtect MSP para 15 dias.

Versão 4.2.5 do ShadowProtect (Abril de 2012)

  • O VirtualBoot foi actualizado para suportar as versões do VirtualBox até a versão 4.1.12.
Versão 4.2.0 do ShadowProtect (Dezembro de 2011)
  • É essencial que todos os utilizadores que tenham efectuado a actualização para a versão 4.2.1 do ShadowProtect leiam cuidadosamente o material fornecido na secção 2 “Instalação e actualização do ShadowProtect” neste ficheiro Leia-me.
  • São neste momento suportados os seguintes idiomas: inglês, alemão, espanhol, francês, italiano, japonês, coreano, português (Portugal), turco e chinês (tradicional e simplificado).
  • Agora, existe apenas dois instaladores para o ShadowProtect.  Consulte a secção 2: “Instalação e actualização do ShadowProtect” deste documento ReadMe para obter mais informações.
  • O Recovery Environment recomendado com base no Win7/2008R2 de 32 bits x86, é agora disponibilizado com um .ISO próprio (independente do ambiente legado) e este .ISO é compatível com todos os idiomas suportados.  Tenha em atenção que o Recovery Environment recomendado agora requer 768 MB de RAM física para funcionar adequadamente.  O .ISO do ambiente legado está disponível para transferência, mas normalmente não é necessário.  O texto constante no ambiente legado é apenas apresentado em inglês.  Tenha em atenção que ambos estes ambientes são de 32 bits e, assim sendo, se fornecer controladores de rede/armazenamento adicionais para estes ambientes, terá de utilizar os controladores do Win7 de 32 bits (x86) ou 2008R2 para o Recovery Environment recomendado e controladores 2003 ou XP de 32 bits (x86) para o ambiente de Recovery Environment legado.
  • A função VirtualBoot do ShadowProtect suporta, actualmente, as versões do VirtualBox a partir da versão 3.1.0 até à versão 4.1.6, inclusive.
  • O Recovery Environment recomendado dispõe de suporte experimental para iSCSI. Seleccione iSCSI a partir do menu Ferramentas.

Versão 4.1.5 do ShadowProtect (Maio de 2011)

Não existem novas funções para esta versão de manutenção.  Consulte a secção 6 para obter uma descrição das correcções nesta versão 4.1.5. Caso não detecte quaisquer problemas com a sua instalação 4.1.0 da ShadowProtect Desktop/Server/SBS Edition, então não necessita de actualizar para a versão de manutenção 4.1.5.

Versão 4.1.0 do ShadowProtect (Fevereiro de 2011)

  • O ShadowProtect para fornecedores de serviços geridos (SPMSP - ShadowProtect for Managed Service Providers) fornece uma opção de licença com base na subscrição para fornecedores de serviços geridos (MSP). O SPMSP possui as seguintes características:
    •  “Este ficheiro de instalador individual pode ser instalado em plataformas Desktop, Server e SBS.
    • Durante a actualização a partir de uma versão anterior do ShadowProtect Desktop/Server/SBS Edition do ShadowProtect para o SPMSP, em primeiro lugar *desactive* (mas não desinstale) a instalação do Desktop/Server/SBS Edition antes de actualizar para o SPMSP.  Não necessita de desinstalar a instalação anterior do Desktop/Server/SBS Edition antes de instalar o SPMSP, bastará uma operação de instalação de *actualização* e, esta é recomendada de modo a manter as suas definições de tarefa existentes.
    • O SPMSP pode ser instalado por push (emissão), mas não pode ser automaticamente activado como parte da instalação por push.
    • Sugerimos que o SPMSP seja activado no momento em que as tarefas iniciais são configuradas.
    • Para obter as chaves de licença para o SPMSP, os parceiros devem iniciar sessão no StorageCraft Partner Portal em: http://www.storagecraft.com/partner_programs.php
  • A ShadowProtect Small Business Server (SBS) Edition suporta, agora, o Windows Server 2008 R2 Foundation.
  • Durante a utilização de tarefas de cópia de segurança mensais ou semanais e replicação para um disco local ou para uma localização na rede, as cadeias de imagens removidas pela retenção do ShadowProtect serão também removidas das pastas de replicação local e de de rede pelo ImageManager.
  • O VirtualBoot foi actualizado para suportar a versão 4.0.2 e a 4.0.4 do VirtualBox.  No entanto a versão 4.0.0 anterior do VirtualBox não utiliza quaisquer plug-ins de terceiros, assim sendo o VirtualBoot nunca suportará a versão 4.0.0 da VirtualBox.
  • O VirtualBoot coloca automaticamente em pausa (desactiva) as tarefas de cópia de segurança na MV quando ele cria uma nova MV. Se os utilizadores pretenderem continuar a efectuar cópias de segurança na MV, têm de utilizar a interface gráfica do ShadowProtect na MV para retomar a(s) tarefa(s) na MV (e certificar-se de que o objecto de destino da rede da tarefa possui as credenciais correctas e aponte para a localização da cadeia de imagens actual).
  • O agendamento da cópia de segurança mensal do ShadowProtect suporta, agora, incrementos dentro do mesmo dia.  Anteriormente, podia apenas ser efectuado um incremento diário por este tipo de agendamento particular.
  • Todos os agendamentos da cópia de segurança programados (Semanal, Mensal e Incremental contínuo) geram, agora, automaticamente ficheiros SPK (chave de palavra-passe) para utilização pelo ImageManager com ficheiros de imagem de cópia de segurança encriptada. Os utilizadores já não necessitam de gerar manualmente o ficheiro SPK para imagens de cópia de segurança encriptadas.
  • A instalação do ShadowProtect inclui, agora, a ferramenta SPDiagnostics que permite reunir informações detalhadas sobre uma instalação do ShadowProtect. As informações facultadas pela SPDiagnostics são úteis para resolução de problemas e para reunir informações para o apoio técnico da StorageCraft.
  • O Recovery Environment dispõe agora de uma opção que permite que os utilizadores alterem o esquema do teclado do sistema no Recovery Environment em execução.
  • O CD do ShadowProtect Recovery Environment já não inclui os ficheiros executáveis de instalação por Push (por emissão).  Esta alteração foi necessária para garantir que o ficheiro .ISO se ajustará em suportes de dados CD-R padrão.  Para obter os ficheiros do instalador de instalação por Push (emissão), visite: http://www.storagecraft.com/software_update.php
  • A versão 4.1.0 do ShadowProtect foi lançada em inglês, japonês, francês, alemão e português (Portugal).

Versão 4.0.5 do ShadowProtect (Dezembro de 2010)

  • O Recovery Environment recomendado baseia-se agora numa nova compilação de WinPE de linha de base do Windows Server 2008R2, que possui um excelente suporte predefinido de dispositivos. Não são instalados automaticamente quaisquer controladores adicionais de terceiros.  Em vez disso, todos os controladores adicionais de armazenamento/rede/combinados de terceiros (incluindo os controladores para diversas MV) encontram-se no directório Additional_Drivers do CD do Recovery Environment e deverão ser carregados manualmente, conforme necessário, com a ajuda do item de menu FERRAMENTAS -> CARREGAR CONTROLADORES.  Em compilações futuras, quaisquer alterações ao conteúdo deste directório Additional_Drivers serão anotadas no ficheiro ChangeLog.txt incluído no directório Additional_Drivers.  O objectivo da utilização do WinPE de linha de base simples foi eliminar alguns conflitos do controlador que foram detectados (casos em que um controlador injectado de terceiros iria reivindicar, de forma incorrecta, a propriedade do hardware que na verdade não possui).
  • O VirtualBoot foi actualizado para suportar desde a versão 3.1.0 até à 3.2.12 do VirtualBox (anteriormente suportava desde a versão 3.1.0 até à 3.2.6).  Quando o ficheiro VirtualBoot.exe está em execução, irá apresentar um pedido para actualizar automaticamente os ficheiros de plug-in do VirtualBoot-VirtualBox, caso tenha efectuado a actualização para a versão 3.2.8, 3.2.10 ou 3.2.12 do VirtualBox.  No entanto, se actualizar o VirtualBox para a versão 3.2.8, 3.2.10 ou 3.2.12 e tiver criado MVs do VirtualBoot-VirtualBox com uma versão anterior do VirtualBoot e *não* executar o ficheiro VirtualBoot.exe, então terá de actualizar os ficheiros de plug-in manualmente para que as suas MVs funcionem com a sua nova versão do VirtualBox, copiando os três ficheiros de plug-in correctos (VBoxHDDXSP.dll, sbimageapi.dll e sbimageapi.dll.conf) a partir do directório Program Files (x86)\StorageCraft\ShadowProtect\VirtualBootVBoxPlugin\ForVBox3.x.x para o directório Program Files\Oracle\VirtualBox.  Para escolher os ficheiros de plug-in correctos que irá copiar manualmente para o directório do VirtualBox, caso tenha efectuado a actualização para a versão 3.2.8 do VirtualBox, copie os ficheiros de plug-in a partir do directório ForVBox3.2.8 ou, caso tenha efectuado a actualização para a versão 3.2.10 ou 3.2.12 do VirtualBox, copie os ficheiros de plug-in a partir de ForVBox3.2.10.  Se estiver a utilizar uma versão de 32 bits do Windows, então a versão de 32 bits do VirtualBox será instalada e deverá copiar o flavor “32BitX86” dos ficheiros de plug-in.  Por outro lado, se estiver a utilizar uma versão de 64 bits do Windows, então o instalador do VirtualBox terá os ficheiros executáveis de 64 bits instalados, e, assim sendo, deverá copiar a versão “64BitX64” dos três ficheiros de plug-in, substituindo os três ficheiros de plug-in anteriores no directório do VirtualBox.  Tenha em atenção que terá de fechar todas as janelas do VirtualBox (e certificar-se de que não existem quaisquer processos do VirtualBox ou VBoxSvc na sua lista de processos no gestor de tarefas) antes de substituir os três ficheiros de plug-in anteriores no directório do VirtualBox pelos três ficheiros de plug-in mais recentes.  A tabela seguinte descreve as versões do VirtualBox que são suportadas pelas diferentes versões dos ficheiros de plug-in:

Ficheiros de plug-in do VirtualBoot  |  Versão suportada do VirtualBox

---------------------------------------------------------

ForVBox3.1.0                    |  3.1.0, 3.1.2, 3.1.4, 3.1.6

ForVBox3.1.8                    |  3.1.8

ForVBox3.2.0                    |  3.2.0, 3.2.2, 3.2.4, 3.2.6

ForVBox3.2.8                    |  3.2.8

ForVBox3.2.10                  |  3.2.10, 3.2.12

 

Versão 4.0.1 do ShadowProtect (Julho de 2010)

  • O assistente de restauro do Recovery Environment foi melhorado para reduzir a confusão.
  • Foram implementadas várias melhorias no VirtualBoot.  O VirtualBoot suporta agora as versões 3.1.0 - 3.2.6. do VirtualBox x86/x64.  O VirtualBoot irá agora solicitar uma actualização automatizada de ficheiros plug-in mais compatíveis com o VirtualBoot (VBoxHDDXSP.dll, SBImageAPI.dll e SBImageAPI.dll.conf), em casos em que um plug-in mais antigo ou incompatível esteja instalado no directório do VirtualBox.  Tais incompatibilidades podem ocorrer quando os utilizadores efectuam a actualização a partir de uma determinada versão suportada do VirtualBox para uma versão mais recente suportada do VirtualBox (o que talvez exija uma versão diferente destes ficheiros plug-in).  O VirtualBoot cria agora as MVs que utilizam os ficheiros .VDI do VirtualBox nativo (gravados pelo próprio VirtualBox) para guardar os dados do disco da MV, em vez dos ficheiros .SPWB (que não eram à prova de falha.  Estes ficheiros .VDI são muito mais resistentes às falhas do sistema e, desta forma, isto reduz ou elimina as situações em que a MV criada pelo VirtualBoot não pode ser iniciada depois de situações em que o sistema anfitrião falhou ou os processos do VirtualBoot falharam (VirtualBox.exe ou VBoxSVC.exe).  Recomendamos ainda que os utilizadores que estão a utilizar o VirtualBoot para situações de falha continuem a efectuar cópias de segurança incrementais na MV para proteger quaisquer novos dados.  Para além disso, agora que o VirtualBoot utiliza ficheiros .VDI para guardar os dados disco da MV, irá reparar que, quando desliga a MV, o VirtualBox apresenta a opção “Restaurar o instantâneo actual para “VirtuallBoot”.”  *NÃO DEVERÁ* MARCAR ESTA CAIXA!  Se marcar esta caixa, irá fazer com que a MV elimine todas as gravações de dados efectuadas na MV, desde a respectiva criação.  Se pretender que a MV regresse ao seu estado de criação, então deverá marcar esta caixa.
  • As ligações da ajuda do produto agora apontam para a ajuda online.  Para aqueles que pretendem obter ajuda local, esta ainda se encontra disponível, e poderá encontrá-la no CD do Recovery Environment.

Versão 4.0.0 do ShadowProtect (Abril de 2010)

  • A capacidade HeadStart Restore (HSR) foi adicionada ao ShadowProtect Recovery Environment.  O HSR torna possível o restauro da imagem de cópia de segurança enquanto estão a ser criados novos incrementos nessa mesma cadeia do ficheiro de imagem da cópia de segurança.  O HSR pode aplicar os novos incrementos que foram *criados depois* de o funcionamento do HSR ter sido iniciado.  O HSR no Recovery Environment suporta os volumes-alvo com uma letra de unidade.  O HSR pode recomeçar a partir do ponto onde foi interrompido.
  • A interface da consola ShadowProtect inclui agora um separador de gestão no qual os grupos de vários agentes podem ser geridos (e os estados visualizados), em simultâneo, através de uma única visualização.  Esta função também suporta a instalação por Push (emissão) silenciosa do produto ShadowProtect para os anfitriões-alvo.
  • A instalação da consola ShadowProtect inclui agora o VirtualBoot, uma função que torna possível iniciar directamente uma imagem de cópia de segurança do ShadowProtect numa MV Sun VirtualBox, sem que seja necessário restaurar o ficheiro de imagem e sem que seja necessário converter a imagem de cópia de segurança para outro formato.  O VirtualBoot suporta volumes de dados superiores a 2 TB de tamanho e as cópias de segurança do ShadowProtect na MV podem continuar a criar incrementos rápidos na mesma cadeia de ficheiros de imagem, protegendo quaisquer novos dados criados na MV.  A combinação do HeadStart Restore (HSR) e do VirtualBoot torna possível a redução do número de janelas de tempo de inactividade relativas a activações pós-falha/reactivações pós-falha/actualizações/migrações/restauros para apenas alguns *minutos* e não alguns *dias* quando se trata de terabytes de dados.
  • O assistente da ferramenta de imagem de cópia de segurança suporta a conversão de ficheiros de imagem de cópia de segurança do ShadowProtect para ficheiros de disco de máquina virtual .VMDK ou .VHD.
  • A ferramenta de configuração de arranque no Recovery Environment foi melhorada.  Suporta agora a atribuição das letras de unidade permanentes que são atribuídas a qualquer volume de um determinado sistema operativo.
  • As operações de restauro interrompidas podem agora recomeçar a partir do ponto onde foram interrompidas.  Isto aplica-se a operações de restauro normais e a operações de restauro do HeadStart melhoradas.

6. Problemas solucionados

Para uma lista completa de alterações, consulte também a secção 5 "Funções/Melhorias".

Versão 4.2.7 do ShadowProtect (Agosto de 2012)

  • Resolvido um erro que em algumas circunstâncias poderia provocar uma falha no VirtualBoot.

Versão 4.2.6 do ShadowProtect (Agosto de 2012)

  • Resolvido um erro para que o HIR no Recovery Environment possa continuar a cadeia de imagens em caso de falha de migração.
  • Resolvido um erro no qual as duas máquinas que efectuam cópias de segurança da mesma cadeia de imagens poderiam provocar a perda ocasional de dados.
  • Resolvido um erro que não permitia o funcionamento da função de incluir vários incrementos diários numa tarefa mensal de cópia de segurança.
  • Resolvido um erro no qual a enumeração de imagens em sbimageapi.dll poderia não enumerar ficheiros de imagem na partilha local com o respectivo anfitrião, o que então levaria a falhas do VirtualBoot e de montagem.
  • Resolvido um erro no assistente de divisão de ficheiro de imagem no qual foi detectado um erro sempre que era introduzido “1”.
  • Resolvido um erro em que uma actualização com sucesso de uma licença perpétua para MSP iria fazer com que o Windows iniciasse por engano o “Assistente de compatibilidade de programas”

Versão 4.2.5 do ShadowProtect (Abril de 2011)

  • O VirtualBoot foi actualizado para suportar as versões do VirtualBox até à versão 4.1.12.
  • Resolução de um erro no Recovery Environment no qual ao seleccionar o local, o relógio do sistema poderia ser alterado. 
  • Resolução de um erro no qual não foi efectuada a cópia de segurança dos ficheiros MD5 para partilha em rede.
  • Resolução de um erro no qual o assistente de cópia de segurança bloqueava ao seleccionar um destino de rede.
  • Resolução de um erro no qual um restauro do HIR para o novo hardware iria desactivar o produto.
  • Resolução de um erro no qual, por vezes, o assistente de cópia de segurança ficava bloqueado quando um objecto de destino ficava inacessível.
  • Resolução de um erro no qual a consola 4.2.1 não criava uma tarefa de cópia de segurança num agente 4.1.5.
  • Resolução de um erro no qual uma mensagem de erro em inglês era visualizada em francês.
  • Resolução de um erro no qual algumas mensagens de registo de CT, CS e KO eram visualizadas em inglês.
  • Resolução de um erro no qual uma instalação de actualização num sistema de 64 bits não actualizava correctamente os ficheiros de controlador do instantâneo stcvsm.sys e sbmount.sys.
  • Adição da aceitação do EULA do SPDiagnostic para a entrevista de instalação, sempre que necessário.
  • Adição de uma caixa de diálogo de informações ao instalador, avisando o utilizador que a actualização poderá desactivar o produto e solicitar a respectiva activação.
  • O menu Iniciar foi reorganizado para reflectir a nova marca.
  • Resolução de um erro no qual a modificação da instalação iria desactivar o produto.
  • Resolução de um erro no qual o ficheiro sbimgmnt.dll não estava a ser correctamente instalado, o que poderia causar a apresentação incorrecta das extensões de shell aquando do clique com o botão direito do rato.
  • Resolução de um erro no qual o o antigo ficheiro stcvsm.sys não foi eliminado durante a actualização.
  • Resolução de um erro no qual os dlls satélites da versão 4.1.5 não foram eliminados durante a actualização, provocando erros de execução ocasionais.
  • Resolução de um erro no qual um problema de compatibilidade conhecido com o Acronis True Image fazia com que a instalação falhasse em silêncio, adicionando uma caixa de informação ao instalador que comunica ao utilizador o motivo da falha.
  • Resolução de um erro no qual, em determinadas circunstâncias, o processo de desinstalação poderia remover ficheiros adicionais que não deveriam ser eliminados. 
  • Resolução de um erro no qual o processo de desinstalação poderia deixar chaves de registo desnecessárias.
  • Introdução de traduções actualizadas com muita frequência para todos os idiomas disponibilizados, com base no feedback do parceiro de cada país, incluindo a modificação de alguns elementos de interface gráfica para eliminar instâncias de truncagem de cadeias.
Versão 4.2.0 do ShadowProtect (Dezembro de 2011)
  • É essencial que todos os utilizadores que tenham efectuado a actualização para a versão 4.2.1 do ShadowProtect leiam cuidadosamente o material fornecido na secção 2 “Instalação e actualização do ShadowProtect” neste ficheiro Readme.
  • Foram resolvidos três erros no controlador de instantâneo de stcvsm.sys. 1) Foi resolvido um erro raro de análise de NTFS, originando um BSOD (Blue Screen of Death - Ecrá azul da morte). 2) Foi resolvido um erro que provocava a falha do primeiro instantâneo após uma instalação inicial (então ocorreria com sucesso uma nova tentativa). 3) Foi resolvido um erro intermitente que resultaria no erro “-2 ficheiro não encontrado” de acesso ao instantâneo, após o instantâneo ter sido criado com sucesso.
  • Foi resolvido um erro que impedia a navegação apenas através do teclado nos assistentes de cópia de segurança e de restauro na interface do Recovery Environment.
  • Foi resolvido um erro no qual quando as cópias de segurança para um disco LBD (os discos LBD têm 4096 bytes por sector, comunicando-os na totalidade para o SO, sendo que os discos de formato avançado têm 4096 bytes por sector mas comunicam apenas 512 para o SO - este problema não se verificava nos discos de formato avançado) estavam a ser divididas em vários ficheiros.

Versão 4.1.5 do ShadowProtect (Maio de 2011)

  • Foi resolvido um erro que provocou a utilização elevada da rede e da CPU, caso um objecto de destino da cópia de segurança ficasse inacessível.

Versão 4.1.0 do ShadowProtect (Fevereiro de 2011)

  • Foi resolvido um erro no Recovery Environment legado no qual as letras da unidade não seriam encontradas para novas partições. Os utilizadores viam algo como “*:” no mapa do disco em vez de “E:” para uma nova partição, o que poderia causar confusão e uma utilização potencialmente perigosa.
  • Todas as variações(existem diferentes variações para suportar as diferentes versões do VirtualBox) do plug-in do VirtualBoot, enviadas com a versão 4.1.0 do ShadowProtect, foram corrigidas para serem adequadamente utilizadas em situações em que a MV possui discos num controlador no qual a “Cache de E/S do anfitrião” está desactivada.  Esta situação ocorre no caso de serem necessárias mais de três unidades de disco rígido na MV para conter os volumes importados - os discos adicionais serão colocados num adaptador SCSI LSI da MV no modo que não seja cache de E/S do anfitrião.  Antes desta correcção, os discos no controlador SCSI LSI da MV apareceriam não inicializados na MV.
  • Problemas com a interface do assistente da ferramenta de conversão de imagem no Recovery Environment foram solucionados.

A versão 4.0.5 do ShadowProtect (Dezembro de 2010)

  • Problemas resolvidos no instalador, que em versões anteriores , poderiam causar bloqueios durante a desinstalação ou durante a instalação de actualização.
  • Correcção do código que selecciona a cadeia do ficheiro de imagem mais curta para restauro ou montagem, que estava usando cadeias mais longas, causando lentidão ou falha das operações
  • Resolução de um bloqueio no arranque da consola/interface gráfica do ShadowProtect.exe
  • Adição de registo de eventos nos casos em que os relatórios de e-mail não são enviados com êxito
  • Resolução de um problema que impedia a remoção da unidade dos dispositivos amovíveis utilizados como destinos de cópia de segurança
  • Resolução de um problema no ambiente de recuperação que impedia que os utilizadores especificassem um ficheiro .HSR ao retomar uma operação de restauro interrompida
  • Resolução de um problema no serviço do ShadowProtect que fazia com que as tarefas falhadas fossem imediatamente agendadas de novo e executadas
  • Resolução de um problema com a codificação de caracteres para notificações de e-mail em japonês
  • Resolução de um problema que poderia causar a falha de uma cópia de segurança incremental “DiffGen”, apresentando um erro de “Acesso negado”
  • Resolução de um problema no Recovery Environment que fazia com que a interface gráfica se fechasse quando clicava com o botão direito do rato num destino do assistente de restauro

Versão 4.0.1 do ShadowProtect (Julho de 2010)

  • Resolução de uma falha rara da interface/interface gráfica do ShadowProtect (ShadowProtect.exe) no arranque
  • Resolução de um problema com o valor restante do tempo calculado no Recovery Environment legado
  • Resolução da funcionalidade de pesquisa na ajuda do ShadowProtect
  • Resolução de um problema em que a notificação por e-mail da tarefa da cópia de segurança do ShadowProtect mostrava o mesmo horário tanto para o início como para o final da tarefa
  • Resolução de um problema relacionado com as incompatibilidades da VirtualBoot com o VirtualBox 3.1.8 e 3.2.0 .  A função VirtualBoot na versão 4.0.1 do ShadowProtect é, agora, compatível com as versões 3.1.0, 3.1.2, 3.1.4, 3.1.6, 3.1.8, 3.2.0, 3.2.4 e 3.2.6 do VirtualBox.

Versão 4.0.0 do ShadowProtect (Abril de 2010)

  • Foi efectuada uma correcção para eliminar erros de registo de eventos inofensivos (mas, no entanto, confusos) (aviso 57 do NTFS e erro 137do NTFS).

 

7. Problemas conhecidos

  • As montagens graváveis de imagens armazenadas nos discos LBD apresentam falhas. No entanto, as montagens só de leitura das imagens armazenadas nos discos LBD funcionam.  O VirtualBoot não consegue iniciar com êxito um ficheiro de imagem, caso este último esteja armazenado num disco LBD.
  • Durante a utilização da ferramenta de conversão de imagens para converter para um ficheiro VMDK, o caminho até o ficheiro VMDK não pode conter caracteres não ANSI. Esta é uma limitação fundamental das bibliotecas VDDK do VMware que são utilizadas pelo ShadowProtect para efectuar gravações no ficheiro VMDK.
  • Se o seu dispositivo não dispuser dos idiomas suportados para o idioma escolhido no assistente de instalação do ShadowProtect, então o ShadowProtect pode não funcionar correctamente. 

8. Código fonte de CDDL

Os ficheiros VBoxHDDXSP.dll do ShadowProtect foram compilados, utilizando um código CDDL licenciado não modificado.  A licença CDDL propriamente dita e todos os códigos fonte de CDDL licenciados referenciados, são disponibilizados nas seguintes ligações:

 

*********************************************************************

Copyright © 2012 StorageCraft Technology Corp. Todos os direitos reservados. Este software e documentação estão protegidos por direitos de autor.  Propriedade do ShadowProtect Server Edition, o software está reservado para a StorageCraft Technology Corporation.  StorageCraft, o logótipo StorageCraft e os logótipos do ShadowProtect Server Edition são marcas comerciais da StorageCraft Technology Corporation.  StorageCraft, ShadowProtect e HeadStart Restore são marcas comerciais registadas da StorageCraft Technology Corporation nos Estados Unidos e noutros países. ShadowProtect Server Edition, ShadowControl, intelligentFTP e ShadowStream são marcas comerciais da StorageCraft Technology Corporation nos Estados Unidos e noutros países. Todas as outras marcas e nomes de produtos são ou poderão ser marcas comerciais ou marcas comerciais registadas dos seus respectivos proprietários.

Terms and Conditions of Use - Privacy Policy - Cookies